Monumento da Casa do Artesão e do Artista Plástico é inaugurado

A Casa do Artesão e do Artista Plástico de Bento Gonçalves agora possui um monumento, inaugurado no último dia 10. A obra foi realizada com pedra basalto, presente na região de Bento Gonçalves, pelo escultor Mauri Valdir Menegotto. O artista teve como inspiração a presença do imigrante na formação constitutiva da cultura do município: os dois braços evocam a força, a garra, a determinação; e a uva, o fruto, o cuidado com a terra.

“Esse símbolo das mãos que carrega a uva, é pura poesia. É uma homenagem ao nosso imigrante, a nossa arte, a nossa cultura. De forma geral, a pedra é tão bruta que pelas mãos de alguém se transforma em beleza. Nessa obra que aqui integra nossa Casa do Artesão e do Artista Plástico presenciamos o valor da necessidade de se recriar constantemente”, destacou a presidente da Associação dos Artistas Plásticos da Serra Gaúcha, Ivete Todeschini Menegotto.

Em seu pronunciamento, Beatriz Dreher Giovaninni, ressaltou que “o mundo nasceu com a Arte. Se não fosse os primeiros homens a criarem utensílios para o seu sustento, não teríamos critérios de avaliação do que se considerar Arte. E de lá para cá, cada povo deixou suas marcas na história. E é isso que estamos fazendo hoje: fixar a nossa história nesse espaço e com essa obra do Gotto”.

O secretário de Turismo, Rodrigo Ferri Parisotto, evidenciou que “essa casa é movimento e a arte é movimento. Desde que esse espaço foi criado muitas pessoas se envolveram e deixaram seu pedaço de contribuição. Isso é Bento Gonçalves hoje. Essa arte que é realizada aqui é o que vai ficar na nossa história. São esses os momentos que estamos vivendo hoje onde os artistas produzem e registram o tempo e o espaço onde habitam. O monumento representa isso: a união em prol de um mesmo objetivo, a Arte”.

O secretário da Cultura e presidente da Fundação Casa das Artes, Evandro Soares, ressaltou que “esse momento que vivenciamos hoje é resultado da comunhão de esforços. Nessa jornada, cada pessoa foi essencial para a confecção desta obra do Gotto, que teve essa missão de traduzir da pedra uma imagem que representasse os artesãos e os artistas plásticos sem deixar de reverenciar as pessoas que construíram essa cidade”.

O prefeito Guilherme Pasin realçou que “a transformação se dá pelo conhecer, pela capacidade de transformar o básico em essencial e isso se dá pelo artesanal, por colocar as mãos nesse processo.  Quero em nome de Bento Gonçalves, em nome de todas pessoas que vivem da industria, gastronomia, da agricultura, agradecer a todos vocês artesãos e artistas, que dedicaram sua vida a tudo isso, e parece que hoje a gente consegue chegar muito perto do objetivo de ser reconhecido, ser valorizado pelo trabalho. Parabéns”.

Fotos: Jose Martim Estefanon

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *