Bento Gonçalves faz maior plantio de árvores da história

Projeto visa deixar a cidade mais verde com o cultivo de 850 mudas nativas e frutíferas

As primeiras mudas de árvores nativas e frutíferas já começaram a mudar o cenário de Bento Gonçalves. A Prefeitura iniciou o maior plantio da história do Município nesta quarta-feira, 28, passando pelas ruas Presidente Costa e Silva, Herny Hugo Dreher, Frederico Grando e Alameda Fenavinho.

Em uma forma de incentivo a arborização, através de uma parceria com a RGE e Secretaria do Meio Ambiente (SMMAM), serão plantadas, neste mês de novembro, cerca de 850 árvores de até 1,5 metros.

O projeto envolveu presidentes de entidades assistenciais, filantrópicas e desportivas, associações, instituições religiosas, vereadores, moradores e alunos de escolas próximas que, durante o ato, receberam certificados e uma identificação para cada árvore plantada, se tornando padrinhos.

As árvores foram colocadas em pontos específicos, utilizando estacas reflorestadas como guias, e obedecendo as técnicas ambientais estabelecidas. “Primeiro, preservamos o potencial local de cada bairro e depois estudamos as espécies que melhor se adaptam ao nosso clima e ao espaço, para que as mudas plantadas não causem danos à estrutura das calçadas ou possam causar acidentes com a queda de sementes, tornando as calçadas escorregadias”, explicou o secretário do Meio Ambiente, Claudiomiro Dias.

plantio de árvores bg

O prefeito Guilherme Pasin reforçou que o plantio só traz benefícios à cidade. “Manhã muito feliz! Este não é somente o maior plantio de árvores da nossa história, mas indica a união de todos que deixaram sua marca com o plantio de uma árvore. Serão no total 850, que no futuro vão contribuir para o meio ambiente e qualidade de vida. Quando cada um passar por estes espaços terão o orgulho de ter feito parte desta história”, reiterou.

 Podas e plantios 

A população pode contribuir com plantio arbóreo em áreas particulares, quintais e pátios.

A poda em área pública (calçadas, praças e áreas verdes) só pode ser feita pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, caso contrário, o cidadão está sujeito à multa.

Em áreas particulares, o munícipe deve solicitar uma autorização do setor de Licenciamento Ambiental para a realização de cortes e podas. O recolhimento destes resíduos de jardinagem, como galhos, é de responsabilidade do proprietário. A colocação de resíduos na calçada acarretará multa, caracterizando infração ambiental.

A Secretaria não depreda árvores. A poda é feita sob critérios técnicos, de maneira a preservar o formato original da planta.

A vistoria de árvores em fiação é feita pela equipe técnica da Secretaria, mas a poda é de responsabilidade da RGE.

Os pedidos de solicitações de podas e recolhimento de galhos podem ser feitos pelo Fala Cidadão (0800 979 6866).

 Foto: Franciele Gonçalves 

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *