Projeto de responsabilidade social do Instituto Tacchini de Pesquisa em Saúde é apresentado a contadores do município

O Instituto Tacchini de Pesquisa em Saúde (ITPS) recepcionou na última terça-feira, 24, um grupo de contadores do município, a fim de apresentar o “Projeto piloto de rastreamento de tumores colorretais”, o qual tem apoio do Conselho Municipal do Idoso (COMUI). A intenção é incentivar Pessoas Físicas e Jurídicas a destinar o Imposto de Renda Devido para o projeto, criando assim, condições financeiras para que o ITPS possa desenvolver pesquisas e métodos capazes de reverter o momento atual na região*. O trabalho está sendo conduzido por um grupo de conselheiros jovens do Hospital Tacchini. Os detalhes do projeto foram apresentados pelo superintendente executivo do Hospital Tacchini, Hilton Mancio, pela gerente do ITPS, doutora Juliana Giacomazzi e pelo gerente de controladoria, Arildo Nadal. Participaram ainda, o presidente do Conselho de Administração, Daniel Ferrari e o vice-presidente, Emílio Ristow, bem como empresários e representantes de diferentes escritórios contábeis do município, entre eles, o presidente da Associação dos Profissionais e Empresas de Serviços Contábeis de Bento Gonçalves (Apescont), Antônio Carlos Paludo e o delegado regional do Conselho Regional de Contabilidade, Marcos Beltrame.

apresentação aos contadores (33)

O projeto do ITPS foi apresentado à comunidade no início deste mês e já está recebendo a adesão de empresas ligadas a empresários que integram o Conselho de Administração da Instituição. O superintende executivo, Hilton Mancio, diz que a adesão é um gesto de confiança na seriedade do trabalho que está sendo realizado. “As primeiras destinações de recursos e o apoio dos contadores são fundamentais para o andamento do nosso projeto. Estamos dando um passo importante na busca por melhor qualidade de vida à comunidade através da pesquisa”, comemora. O presidente do Conselho de Administração, Daniel Ferrari, lembrou aos participantes o quão importante é manter no município os recursos gerados pelas empresas locais. “Ao longo do ano, nossas empresas geram tributos e rendimentos ao município. Então, nada melhor que continuar mantendo na cidade os recursos, apoiando projetos locais”, aposta.

 

* Câncer de intestino na nossa microrregião

– Entre 2005 e 2016, o ITPS registrou aumento de 140,4% no número de casos da doença;

– O câncer de intestino é o terceiro mais frequente tanto em homens quanto em mulheres;

– 15% são diagnosticados com menos de 50 anos;

– 61,2% são diagnosticados em fase avançada da doença e 37,5% morrem antes dos cinco anos após o diagnóstico.

 

Quem pode destinar e utilizar incentivos fiscais?

– Pessoa Jurídica: empresas tributadas com base no LUCRO REAL. Limite: Até 1% do imposto devido em cada PERÍODO DE APURAÇÃO.

– Pessoa Física: quem faz declaração de Imposto de Renda através do MODELO COMPLETO. Limite: Até 6% do imposto devido em cada EXERCÍCIO.

 

Quando realizar a destinação?

– Pessoa Jurídica: a doação ao Fundo Municipal do Idoso deve ser realizada durante o período de apuração do IRPJ. O incentivo é APROVEITADO conforme a opção de tributação do IRPJ pela empresa (Trimestral, Estimativa e Suspensão ou Redução).

– Pessoa Física: a doação deve ser realizada em qualquer mês do ano. O incentivo fiscal é APROVEITADO quando da apresentação da DECLARAÇÃO DE AJUSTE ANUAL no ANO SEGUINTE AO DA DOAÇÃO. Atualmente, até o último dia do mês de abril.

 

Como realizar a destinação?

Entre em contato com o ITPS pelo e-mail: responsabilidadesocial@tacchini.com.br ou pelo telefone: 54 3455-4333 (ramal 1125).

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *