Motoristas profissionais do Rio Grande do Sul já podem se atualizar com curso a distância

Segundo dados do Detran/RS, cerca de 740 mil condutores do estado trabalham como motoristas profissionais, em áreas como transporte coletivo de passageiros, de escolares e condução de veículos de emergências.

 Todos esses condutores devem realizar um curso de atualização desta especialização a cada cinco anos. E a novidade é que agora os motoristas gaúchos poderão se atualizar sem sair de casa, graças à modalidade de EAD, a educação a distância.

 A especialista em educação digital para o trânsito e diretora de Produtos da Procondutor, Cláudia de Moraes, explica quais cursos já estão à disposição dos motoristas. “Desde o início de abril, cinco atualizações estão disponíveis na modalidade EAD. São os cursos de Transporte Coletivo de Passageiros, Transporte de Escolares, Transporte de Produtos Perigosos, Transporte de Veículos de Emergência e Transporte de Cargas Indivisíveis”.

unnamed

 Muitos motoristas profissionais que alegavam falta de tempo, seguiam dirigindo e desrespeitando as normas de trânsito. Para os que estão sem a atualização, fica o aviso: se forem parados em uma blitz, poderão ser multados em R$ 88,38, além de receber três pontos na CNH e ter o veículo retido até a apresentação do certificado de atualização do curso. Vale lembrar que ficar impedido de dirigir e, consequentemente, de trabalhar, impacta diretamente na renda familiar destes condutores. 

Para os motoristas que são funcionários de alguma empresa, é importante destacar que a companhia é corresponsável pela sua atuação nas ruas. Por esse motivo, as empresas devem acompanhar a situação de cada condutor e exigir que a atualização dos cursos esteja em dia.  

“A falta de tempo não é mais desculpa para regularizar a situação. Os Centros de Formação de Condutores do Rio Grande do Sul já contam com a plataforma de educação a distância para a atualização dos motoristas profissionais do estado. Com isso, o processo que antes tomava tempo, agora ficou mais rápido e eficaz”, afirma Claudia.

 

Os interessados devem dirigir-se ao CFC mais próximo para realizar a matrícula. Depois disso, podem estudar onde e quando quiserem. O curso não exige exame ou prova e o certificado de conclusão renova a atuação como motorista profissional por mais cinco anos.

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *