Desligamento do sinal analógico de TV em Caxias do Sul e região ocorre na metade de março

Quem não estiver preparado para receber o sinal digital até o dia 14 de março ficará sem ver TV aberta

 O próximo dia 14 de março é a data final para o desligamento do sinal analógico de televisão em Caxias do sul e em outras 106 cidades da região. Para continuar assistindo à programação, todas as residências precisam estar como aparelho de televisão preparado com conversor, que pode ser embutido na TV ou externo, além de uma antena digital. Os equipamentos podem ser encontrados no varejo local e são de fácil instalação.

Por decisão do GIRED, Grupo de Implantação da TV Digital, os canais de TV da região estão autorizados a desligar o sinal analógico desde o dia 31/1. O processo se encerra em 14 de março e após essa data, só será possível assistir à programação da TV aberta pelo sinal digital.

As famílias de menor renda atendidas pelo Governo Federal devem verificar se têm direito a receber um dos mais de 490 mil kits gratuitos, com antena digital e conversor e controle remoto. A população deve acessar o site sejadigital.com.br/kit ou ligar gratuitamente para o número 147 com o NIS (Número de Identificação Social) em mãos. Se o nome estiver na lista, é só escolher o dia, horário e local para retirar os equipamentos que permitem que televisores antigos tenham acesso ao sinal digital.

Sobre a Seja Digital

A Seja Digital (EAD – Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *