O Despertar dos Mortos

FilmeAlguns dias após o início do apocalipse zumbi, um grupo de quatro pessoas se encontra refugiado dentro de um shopping. Enquanto o tom de solidão aumenta, o perigo perambula pelas vielas do gigante e bate incansavelmente nas suas portas de vidro.

O segundo filme da trilogia dos mortos, de George Romero, é provavelmente o mais discutido até hoje. Ele carrega uma visão particular e utiliza o apocalipse de mortos-vivos para refletir o consumismo exagerado da sociedade. Cada metáfora percebida em tela consegue até mesmo causar um riso no meio de uma situação de completo isolamento depressivo.

A continuação de a Noite dos Mortos Vivos é em cores e apresenta maquiagem e efeitos gráficos mais agressivos. É verdade que o filme não envelheceu tão bem, principalmente para aqueles acostumados com o cinema de horror mainstream recente. Mas compreendendo a relevância que o Despertar teve em sua época e suas fortes visões, apresenta-se uma obra pretensiosa e bem resolvida de um diretor importantíssimo para o cinema, mas que infelizmente é cada vez mais esquecido pelo mesmo.

Ano: 1978

Título original: Dawn of The Dead

Diretor: George Romero

Roteiro: George Romero

Elenco: Ken Foree, Scott H. Reiniger, David Emge, Gaylen Ross

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *