Para Brindar 2018 – Vinícolas da Serra Gaúcha comemoram aumento nas vendas de espumantes

Espumante

Bebida símbolo de comemorações

Por Kátia Bortolini

O brasileiro vai comemorar a virada de ano – e estourar garrafas de espumante. A bebida está pop. Segundo dados do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), o crescimento na comercialização de espumantes moscatel e brut, de janeiro a outubro de 2007, em comparação ao mesmo período de 2017, foi de 125,9%. O destaque deste ano é o crescimento, até o último mês de outubro, de 13,8 % na comercialização de espumantes moscatéis, em relação ao mesmo período de 2016. Os números, provenientes do Cadastro Vinícola, são referentes as empresas gaúchas, responsáveis por 90% da produção nacional. O espumante produzido no Brasil lidera as vendas no mercado nacional, com 70% das comercializações. Em 2016, os principais destinos dos espumantes gaúchos no mercado interno foram Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Minas Gerais, Distrito Federal, Pernambuco, Paraná, Bahia e Goiás.

Pinto Bandeira terá a primeira denominação de origem para espumantes do Hemisfério Sul

25552073_1391281411000237_4389249897394724826_nO terroir do Brasil é próprio para a elaboração de espumantes de qualidade superior. Em áreas frias e de pouca insolação, como a Serra Gaúcha, a uva consegue amadurecer completamente mantendo a acidez alta, característica ideal para a produção da bebida. A Serra Gaúcha, principal produtora do país, deverá ter, em 2018, a primeira denominação de origem para espumantes do Hemisfério Sul – assim como Champagne, na França, a cidade de Pinto Bandeira terá a qualidade de seus rótulos reconhecida oficialmente.

Espumantes representam 30% da venda anual da Cooperativa Vinícola Aurora

A venda de espumantes nos últimos dois meses do ano representa 30% do faturamento anual da Cooperativa Vinícola Aurora, de Bento Gonçalves. A empresa vai fechar 2017 com acréscimo de faturamento de 5% em relação a 2016. Já o resultado financeiro aumentou 30% em relação ao ano passado. Nos últimos anos, a Aurora cresceu 10% a cada ano, tanto na produção, quanto na comercialização das linhas de espumantes.

A direção da cooperativa atribui o crescimento do consumo do espumante brasileiro, tanto no mercado interno como externo “a qualidade, imbatível em relação a produtos semelhantes de outras partes do mundo”. Além disso, o clima tropical do Brasil favorece bebidas que refrescam, como o espumante. “A bebida é muito utilizada em celebrações e os brasileiros celebram muito, desde um aniversário, até um casamento, uma premiação, uma festa de final de ano… tudo é motivo para celebrar, para brindar. E tudo que pede brinde, pede Aurora”.

Ainda conforme a direção da Aurora, os espumantes brasileiros estão sendo cada vez mais reconhecidos no Exterior, onde, nos últimos dez anos, receberam mais de 1,5 mil premiações internacionais. Além disso, críticos importantes, como Steven Spurrier, responsável pelo lendá- rio Julgamento de Paris, e Oz Clarke, um dos mais renomados críticos de vinhos do mundo, são fãs declarados das bebidas verde-amarelas.

Cooperativa Vinícola Garibaldi dobra produção de espumantes em três anos

A Cooperativa Vinícola Garibaldi comemora 2017 com muitas borbulhas. A linha de espumantes registra um crescimento de 30% em 2017, dobrando assim sua produção nos últimos três anos e atingindo a venda de dois milhões de garrafas de espumante. Com as ótimas vendas, a Cooperativa prevê fechar o ano com faturamento de R$ 132 milhões, acréscimo de 9% em relação ao ano passado. “Atualmente as vendas não estão mais concentradas apenas no fim do ano, a sazonalidade diminuiu bastante e vendemos espumantes o ano todo. Mesmo assim, o fim de ano promete ser mais otimista para os consumidores e nada melhor que brindar com um espumante entre família e amigos”, destaca o presidente da Cooperativa Oscar Ló. Os mercados que mais compram rótulos Garibaldi são Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraná, Mato Grosso e Espírito Santo.

Presente há 86 anos no cenário da vitivinicultura brasileira e com grande preocupação ambiental, a Cooperativa Garibaldi, atualmente, possui 396 famílias associadas, de 12 municípios gaúchos, responsáveis pelo cultivo de 900 hectares de vinhedos.

França premia espumantes brasileiros

A qualidade dos espumantes brasileiros segue sendo reconhecida mundo afora. Desta vez foi na França, no 15th Effervescents du Monde, realizado de 15 a 17 de novembro, em Dijon. Com a distinção o Brasil amplia seu ranking com uma premiação especial, uma Medalha de Ouro e oito de Prata.

O concurso reuniu 548 amostras de 21 países, que foram avaliadas por um júri formado por mais de 100 degustadores internacionais.

Top 10 – Best Sparkling
Aurora Espumante Brut – Cooperativa Vinícola Aurora
Medalha de Ouro
Aurora Espumante Brut – Cooperativa Vinícola Aurora

Medalha de Prata

Aurora Espumante Moscatel – Cooperativa Vinícola Aurora
Garibaldi Espumante Prosecco – Cooperativa Vinícola Garibaldi
Miolo Almadem Espumante Brut – Miolo Wine Group
Panizzon Espumante Prosecco Brut – Sociedade de Bebidas
Panizzon Peterlongo Elegance Brut Champenoise – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo
Peterlongo Presence Moscatel – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo
Ponto Nero Blanc de Blanc Espumante Brut – Domno do Brasil
Salton Espumante Prosecco – Vinícola Salton

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *