Concerto Madrigal em Barbosa em 25 de setembro

SELO MADRIGALO 58º aniversário de emancipação política de Carlos Barbosa será comemorado no município com várias atrações, entre elas o  espetáculo MADRIGAL. A apresentação, a cargo  da Orquestra Municipal de Carlos Barbosa, ocorre no  próximo dia 25 de setembro, segunda-feira, às 20h30min, no Clube Serrano, com entrada franca. O espetáculo tem a regência do Maestro Dirceu Andrioli e como convidadas, as cantoras: Cibele Tedesco, Franceli Zimmer, Laura Dalmás e Rochelle Borges.

O espetáculo será marcado por apresentações de canções épicas interpretadas por grandes vozes femininas, artistas de renome internacional que marcaram a história da música, seja pelas composições primorosas ou por inesquecíveis interpretações. Elis Regina, Carmen Miranda, Alcione, Rita Lee, Chiquinha Gonzaga, Maria Callas, Adele e Madonna entre as que serão interpretadas no concerto.

A Orquestra Municipal de Carlos Barbosa tem um compromisso contínuo com a qualidade dos seus espetáculos e busca incessantemente a aproximação com o público, optando por utilizar uma abordagem, em suas apresentações, que traga temas atrativos com a exploração dos mais diversificados estilos musicais.

Sobre o nome do Concerto: Madrigal

Madrigal é uma forma de composição poética que celebra principalmente a formosura e a graça feminina.  Também pode ser um galanteio dirigido as damas. O Madrigal é uma forma de expressar emoções em sua plenitude, é um poema em forma de música. Surgido na Itália no século XIV tornou-se um dos gêneros musicais mais importantes da chamada música “PROFANA” da época. As canções eram acompanhadas por instrumentos como alaúde, clavicímbalo e harpa, formação instrumental que se assemelha as bandas populares atuais.

Serviço:
O quê: Madrigal – concerto com a Orquestra Municipal de Carlos Barbosa e solistas convidadas
Regência: Dirceu Andrioli
Quando: 25 de setembro, segunda-feira
Hora: 20h30min
Onde: Clube Serrano – Carlos Barbosa / RS
Informações gerais: (54) 9 9998 7307 – Ester Chaves

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *