Trainspotting

bruno_nascimentoBruno Nascimento

Trainspotting

Direção: Danny Boyle

Roteiro: John Hodge, Irvine Welsh (livro)

Elenco: Ewan McCregor, Ewen Bremmer, Jonny Lee Miller, Kevin McKidd

Um grupo de jovens delinquentes tem na heroína a única escapatória da existência pífia que a sociedade oferece. Mark Renton, um deles, sofre com o inevitável fato de que a vida exige que escolhas sejam tomadas. Por isso, segue o caminho mais prazeroso – e curto.

Danny Boyle já demonstrava seu potencial artístico muito antes dos holofotes o encontrarem em 2008, com “Quem Quer Ser um Milionário”. Sua capacidade de realizar filmes com pitadas de genialismo é aparente em 1996, com Trainspotting. O figurino simplório que combina com o estado dos personagens, a representação prática dos sentimentos de prazer, horror, obsessão, etc. Tudo colabora para construção de uma narrativa rica em filosofia e auto-compreensão.

Trainspotting se mantém como uma obra artística fundamental para refletirmos o indivíduo e a sua participação (inevitável) na sociedade.

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *