11 de agosto: Dia do Advogado

Imagem Dia do AdvogadoNa época da primeira constituição brasileira, redigida em 1824, não havia no Brasil nenhum profissional da área jurídica para garantir o cumprimento da lei magna. Para sanar essa lacuna, em 11 de agosto de 1827, o Imperador Dom Pedro I criou o primeiro curso de Ciências Jurídicas do país, que iniciou em 1 de março de 1928, em São Paulo, capital.  O Dia do Advogado é comemorado anualmente em 11 de agosto em reconhecimento à data de fundação do curso.

O advogado leva o título de Doutor, mesmo sem ter feito um doutorado porque Dom Pedro I, ao criar o curso, assegurou por decreto o título aos futuros bacharéis de Direito. Doutor em latim significa professor.

O Brasil hoje tem mais faculdades de Direito do que todos os países no mundo, juntos. Em dez anos o número de instituições que têm cursos para formação de advogados aumentou em seis vezes. Em 1995, o país tinha apenas 165 faculdades de Direito, atualmente, são mais de 1.300 universidades atuando na área. Atualmente, existem 940 mil advogados no pais e mais de um milhão e quinhentos mil bacharéis aguardando aprovação no exame da OAB.

A cada ano pelo menos 80 mil novos bacharéis em Direito se formam no Brasil. Nesse cenário se destacam advogados proativos e inovadores, com uma boa rede de relacionamentos, que saibam administrar negócios.

São muitos os ramos do Direito em que um advogado pode atuar e se especializar ao longo da carreira. Atualmente, o número de setores, antes vistos apenas como alternativas, vêm crescendo e atraindo os profissionais. Entre as novas e promissoras áreas do Direito estão a Imobiliária, a do Agronegócio, a da Energia, a Societária, a Digital e a do Terceiro Setor.

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *