O projeto Ações para o Bem está arrecadando materiais recicláveis em favor a causa animal

pro siteO projeto Ações para o Bem está arrecadando materiais recicláveis para converter o valor da venda em favor aos animais de Bento Gonçalves e região. Entre os objetivos do grupo, estão a castração e atendimento veterinário de animais em situação de vulnerabilidade. São 20 pontos de arrecadação distribuídos em Bento Gonçalves e um em Garibaldi. O grupo recolhe lacres de alumínio (de latas de cerveja e refrigerantes) e tampinhas de polipropileno de todos os tipos (de garrafas pet, de litros de iogurte, de caixinhas de leite e sucos, entre outras), além de tampas de polipropileno maiores (potes de maionese, vidros de café, de frascos de amaciante, entre outros). Não são aceitas garrafas pet, potes plásticos, latas de alumínio, lacres de caixinha de leite, tampas de metal, vidro, pilhas, baterias e outros.

O projeto ganhou apoio da Secretária Municipal do Meio Ambiente (SMMA) nessa semana. Os vereadores Eduardo Viríssimo e Gustavo Sperotto também se engajaram na campanha de arrecadação. Entre os objetivos do grupo, está a castração de animais de rua, ou sob a guarda de famílias carentes, evitando que o número de animais cresça. Casos de animais que necessitam de tratamento veterinário com urgência também são amparados pelo projeto. “Inclusive as ONG que defendem a causa e gostariam de contar com a nossa parceria, podem nos procurar que atuaremos em conjunto”, enfatizam as voluntárias Michele Schmitz e Bruna Aiolfi Conte.

Posse Responsável

Além do apoio ao projeto Ações para o Bem, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, juntamente ao Gabinete da Primeira-Dama e a Secretaria Municipal de Educação, desenvolve o Programa Posse Responsável, desenvolvido com o objetivo de orientar a população sobre a responsabilidade com os animais de estimação, reduzir o abandono e os casos de maus-tratos de animais. Além disso, objetiva aumentar o controle da reprodução de animais domésticos, através de castrações, buscar parcerias e recursos para procedimentos veterinários e realizar o encaminhamento para atendimento veterinário.

Foto: Mônica Rachele Lovera

0 respostas

Deixe uma resposta

Escreva um comentário
Sinta-se livre para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *